O meu fantástico mundo
Interpretando a parábola do “Rico e Lázaro”

Havia também um certo mendigo, chamado Lázaro, que jazia cheio de chagas à porta daquele;
E desejava alimentar-se com as migalhas que caíam da mesa do rico; e os próprios cães vinham lamber-lhe as chagas.
E aconteceu que o mendigo morreu, e foi levado pelos anjos para o seio de Abraão; e morreu também o rico, e foi sepultado.
E no inferno, ergueu os olhos, estando em tormentos, e viu ao longe Abraão, e Lázaro no seu seio.
E, clamando, disse: Pai Abraão, tem misericórdia de mim, e manda a Lázaro, que molhe na água a ponta do seu dedo e me refresque a língua, porque estou atormentado nesta chama.
Disse, porém, Abraão: Filho, lembra-te de que recebeste os teus bens em tua vida, e Lázaro somente males; e agora este é consolado e tu atormentado.
E, além disso, está posto um grande abismo entre nós e vós, de sorte que os que quisessem passar daqui para vós não poderiam, nem tampouco os de lá passar para cá.
E disse ele: Rogo-te, pois, ó pai, que o mandes à casa de meu pai
Pois tenho cinco irmãos; para que lhes dê testemunho, a fim de que não venham também para este lugar de tormento.
Disse-lhe Abraão: Têm Moisés e os profetas; ouçam-nos.
E disse ele: Não, pai Abraão; mas, se algum dentre os mortos fosse ter com eles, arrepender-se-iam.
Porém, Abraão lhe disse: Se não ouvem a Moisés e aos profetas, tampouco acreditarão, ainda que algum dos mortos ressuscite. 
Lucas 16:20-31

____________________________________________________________

Esse, talvez, seja a maior “comprovação” daqueles que alegam ser o inferno, um lugar de tormento eterno como algo real. Vamos analisar mais profundamente indo ao fundo do inferno e analisar os detalhes da referida parábola.

Ao ler novamente, você perceberá que não há nenhuma menção de que eles acreditavam ou não em Deus; Teremos então que abrir duas hipóteses;

Hipótese 1: Ambos não acreditavam em Deus;

Hipótese 2: Ambos acreditavam em Deus.

Se ambos NÃO acreditavam em Deus, Lázaro AINDA ASSIM foi para o céu, pois apesar de sua pobreza, não entrou para o mundo do crime. Mendigava e contava com a colaboração das pessoas. Sua espera foi em vão. O rico não o ajudou. O rico que não acreditava em Deus e não ajudava os outros foi para o inferno.

Se ambos acreditavam em Deus, Lázaro foi para o céu, pois apesar de sua pobreza, não entrou para o mundo do crime. Mendigava e contava com a colaboração das pessoas. Sua espera foi em vão. O rico não o ajudou. O rico que dizia acreditar em Deus e não seguia o mandamento de amar os outros, acabou por perceber a seu estado de miserabilidade, ao ser confrontado com a realidade depois de morrer, saber a verdade, a consciência pesada, de que ele devia, ao ser rico e acreditar em Deus, não pensar apenas em si mesmo e nos seus “próximos-próximos”. (família)

Faz mais sentido a segunda interpretação. A mensagem a ser passada é que não adianta falar que acredita em Deus, se não ama o seu próximo, se é rico e estiver preso ao mundo materialista, enquanto os Lázaros da vida estão por ai, cheios de chagas e famintos clamando por ajuda.

Constatação: Se você é CRISTÃO e não ajuda as pessoas VOCÊ ESTÁ NO INFERNO. VOCÊ VAI PARA O INFERNO!!!

O INFERNO É O SOFRIMENTO. IGNORAR O SOFRIMENTO ALHEIO, É SOFRER EM DOBRO. 

ESSA É A MENSAGEM DA PARÁBOLA.

SABENDO DISSO, TE PERGUNTO: VOCÊ ESTÁ NO INFERNO??? QUER SAIR???

PS: Porém, Abraão lhe disse: Se não ouvem a Moisés e aos profetas, tampouco acreditarão, ainda que algum dos mortos ressuscite.

Lucas 16:31

QUE IRONIA!!! CONHECE UM CERTO DEUS QUE RESSUSCITOU E QUE AINDA ASSIM, AS PESSOAS NÃO ACREDITAM NELE??? MESMO AS QUE AS DIZEM SEGUI-LO CONTINUAM NO INFERNO, CONDENANDO OUTRAS PESSOAS AO “SOFRIMENTO ETERNO” E ESCANDALIZANDO O NOME DE CRISTO. ARREPENDAM-SE!!! NÃO USEM ESSA PARÁBOLA PARA “PROVAR” A EXISTÊNCIA DO INFERNO. SE VOCÊ ACREDITA NESSE INFERNO DE TORTURA ETERNA, VOCÊ MERECE IR PARA LÁ; VOCÊ QUER IR PARA LÁ? SAIA DO INFERNO!!!

Nietzsche está louco!
Minha tese: A causa do sofrimento humano e suas consequências.
A falta de sexo, amor e Deus. A psicose, o suicídio e o assassinato.

Nietzsche está louco!

Minha tese: A causa do sofrimento humano e suas consequências.

A falta de sexo, amor e Deus. A psicose, o suicídio e o assassinato.

:/

:/

Mega resumo dos meus últimos pensamentos.

1-Infância - Fase tão bela que nem dava vontade de sair dela. Quanto tempo posso resistir sem respirar?

2-Ora, se até Jesus disse “Sai pra fora!”…

3-Dorgas? larguei e agora uso uma mais pesada (?!), simplesmente penso.

4-Sem saída, o jeito é afogar as mágoas na escrita.

5-O Paradoxo do meu pai: Comprar um produto/alimento em atacado porque é mais barato. O produto/alimento em excesso, estraga.

6-Ficar rodando = Dorgas grátis.

7-Esboço (CORRIGIDO): Minha hipótese é que as coisas seguem esse ordem. 0-Deus - 1-Egocentrismo - 2-Fé (preconceito) - 3-Pareidolia - 4-Religião - 5-Dissonância Cognitiva - 6-Discriminação.

8-“A tendência é as coisas saírem erradas quando temos poucos garfos e muitas facas.”

9-Twitter: Falar sozinho com gente desconhecida.
Facebook: Falar sozinho com gente conhecida.

10-Colocação neutra e honesta acerca das coisas:

Para mim e para tudo o que gosto: É demais! 

Para os outros e para o que não gosto: É demais.

11-‎”A diferença fundamental entre o bem e o mal está na sua identificação.”

12-As pessoas sempre se vangloriam quando ocorre um fato espetacular, um milagre, atribuindo a existência de Deus. O que elas ignoram é quando ocorre um “milagre negativo”, tipo, bala perdida, relâmpago etc. Chamam isso de fatalidade. E assim continuamos como um equilíbrio da natureza acerca do que não conseguimos explicar. Milagres e fatalidades. Deus e o diabo jogando par ou ímpar.

13-Poder, politica e interesses. 


População: Puxa vida, é muita injustiça com as classes de trabalhadores X,Y, Z (etc) que fazem serviços essenciais na sociedade e ganham tão pouco.

Classe X: Cansei de ganhar o que ganho, mereço ganhar mais, o que é justo.

Político: Nada feito, não vai receber aumento de salário nenhum!

Classe X: Ok. Vamos lutar pelos nossos direitos. Faremos greve.

Político: Repito. Não vou aumentar salário nenhum! E tratem de voltar ao trabalho!

Classe X: Não vamos desistir. 

População: Estamos sendo prejudicados pela greve da classe X. Classe X é uma classe FDP! 

Político: Ok. Eu faço m acordo e concedo um aumento de salário.

População: Ufa.

Classe Y, Z (etc): Político FDP! Classe X FDP!

Próximo…

14-Mecanismo de defesa básico:


Desejo X.

Não consigo X.

Logo, X é ruim.

15-Ora, todos temos preconceitos. Negá-lo acaba gerando um paradoxo: “Odeio todos os que possuem preconceitos.” Isto é… um preconceito! O que nós devemos é diminuí-lo o máximo possível, evitando uma atitude discriminatória, prática. Tais atitudes são bastantes comuns. Discriminar é como tacar pedras imaginárias no outros. Ou reais. É desejar o inferno para o outro, pois ele não se adequa à sua imagem do que é o correto ou desejável. A Bíblia diz que Deus fez o homem a sua imagem e semelhança. Basta uma rápida passada pelo Velho Testamento e perceber várias atitudes discriminatórias. Auto intitular-se como “o povo eleito de Deus” com o direito de julgar e destruir o outro, não me parece justo.

16-A máxima do conservadorismo: “As coisas importantes (leis, por exemplo) devem mudar, mas devem ser feitas com muito cuidado e isso leva (MUITO) tempo. As coisas menos importantes como o próprio nome diz, são menos importantes. Devemos ater nossos esforços nas coisas importantes. (Tal situação me beneficia)

17-Uma das coisas que mais me irrita é a questão do “nossa, nos tempos atuais, estamos vivendo momento terríveis.” Ora, Vejamos:


1-Você viveu há 50, 100, 200, 500, 1000, 2000, 5000 anos atrás para comparar?
2-Lembre-se que a abolição da escravatura (no Brasil) não tem nem 150 anos. Tais senhores tinham o direito de fazer o que bem entendesse com os seus escravos. (Ok. Podemos dizemos que hoje há uma escravidão maquiada.)
3-Havia guerras aos montes. O propósito básico era a dominação por meio da força. 
4-Havia a pena de morte com os métodos mais cruéis possíveis. 
5-Vivíamos numa sociedade primitiva e para as pessoas mais pobres, não tinham outra escolha se não trabalhar apenas para conseguir atender suas necessidades mais básicas.
6-Havia doenças aos montes. A expectativa de vida era bem menor que a atual. Muitas doenças possuíam/possuem sintomas terríveis. 
7-Não havia qualquer liberdade de expressão e o exercício do Estado era na base de uma ditadura.

Etc. 

Esses fatos marcam a vontade do mais forte de dominar, e que eram legitimados pela crença em um deus ou no poder do dinheiro ou bens materiais. Ora, agora que diluímos o poder entre todos e que temos um mínimo de liberdade para agirmos, agora mesmo as pessoas mais pobres (de espírito) desejam o domínio do poder por meio da força.

Basicamente, os meios de vontade de dominar são pelo sexo (rivalidade entre gêneros, estupro, amor possessivo etc), dinheiro (Que sua obtenção traga prejuízos aos outros) e pela ciência, tecnologia (que acaba por escravizar as pessoas). 

Só teremos paz no mundo quando todos morremos. Ora, se o ser humano não presta e isso é uma premissa feita por um humano, insira uma segunda premissa através da ação que há humanos que prestam (como você), e assim chegaremos a conclusão que…

18-Você entra no ônibus e de repente, começa a ouvir uma música alta.


Você pede para que o sujeito desligue ou ao menos coloque os fones e ele responde:

- Não vou abaixar, cada um deve cuidar de sua própria vida. Você tem inveja!

:/

19-"A maior alegria do terceiro colocado (ou abaixo) é zoar o segundo. Já o grande vencedor valoriza seus adversários, pois qual seria a graça de vencer o mais fraco?"

20-Manual básico do torcedor fanático 


Escolha o time mais popular e vencedor: (No Rio de Janeiro): 

1-Se o seu time vencer, você dirá: “Sou o campeão, nossa torcida é foda! (Eu?)”
2-Se o seu time perder, você dirá: “Foda-se, meu time é o maior campeão de todos.”

Escolha o time mais popular (Em São Paulo):

1-Se o seu time vencer, você dirá: “Sou o campeão, nossa torcida é foda! (Eu?)”
2-Se o seu time perder (mais uma libertadores…), você dirá: “Foda-se, a paixão pelo nosso time transcende a conquista de títulos. Olhe ali pessoal, o maior campeão é um viadinho.”

Parece religião…

:/

PS: Claro, isso foram só dois exemplos. Todos os times tem seus torcedores fanáticos que se orientam com o mesmo mecanismo de defesa do ego. Na verdade, com o futebol não há nada para ganhar ou perder. Existe a torcida, a fé, a vontade de poder. Supervalorize a “sua” vitória e menospreze a “sua” derrota. Supervalorize a derrota “alheia” e menospreze a “sua” vitória.

E não pense. Não questione deus (Você/sua consciência) Isso é proibido…

21-Fragmentos

"Só descobrimos ao final da guerra que não devíamos guerrear." Frase proferida pelo lado perdedor. Ambos, talvez. 

"Amo o futebol. Odeio o torcedor."

"Uma certeza, a morte. Uma morte, a certeza."

"Poder. Perder. Perdão. Superpoder."

Ontem li sobre Deus e o número 7 e não pude de pensar numas piadas toscas.

1-Deus e o diabo fizeram uma prova em dupla. Tiraram 10.

Deus tirou 7 e o diabo 3.

2-Deus antes de fazer o mundo, estudou muuuuuuuito. Ao fim da prova, saiu vitorioso. Tirei 10. Fui perfeito. Ele, então, recebe a sua nota: 7.

3-Deus é um professor que pede para que os alunos avaliem o seu trabalho. Ele acha isso de vital importância. A nota de aprovação para os alunos é no mínimo 7. Foi feita uma média com a avaliação de todos os alunos e a nota foi: 6,999999999999…

Você arredonda ou não?

Ora, ora, ora.

Ora Cristo, ora Dionísio.
Ora Phi, Ora Pi.
Ora água, ora vinho.

Ora o todo, ora a parte.

Ora humano, ora divino.
Ora Terra, ora marte.
Ora banana, Ora abacaxi. 
Ora gênios, ora imbecis.
Ora? Ora! Ora.

Até que a morte e a vida nos separe.

Esboço. (Ensaio sobre o Poder.)

O Poder, o amigo e o ídolo. 

"O seu ídolo nunca será o seu amigo. O seu amigo nunca será o seu ídolo." 

É essencial que para o estabelecimento de uma idolatria haja um distanciamento, um respeito, um desconhecimento, uma aura especial. 

Importa é o poder, o poder que é visível. O poder que me interessa. 
Ora, eu nem me importo se você está sendo acusado de pedofilia. Eu gosto de você, claro que essa acusação é uma mentira. Tudo ficará como antes, desde que você componha boas músicas…

Já o seu amigo nunca poderá ser o seu ídolo. Argh, eu te conheço! Sei de tudo sobre você. Você pode descobrir a cura do câncer, descobrir o sentido da vida, compor a melhor música de todos os tempos que você continuará sendo apenas um carpinteiro, filho de José e Maria.

Esse é o amargo preço da amizade.

Quando essa regra é quebrada e nos interessamos pelo nosso amigo ou amiga, nós o fizemos apenas pela paixão, pela vontade de poder. 

Sim, como bem disse Nietzsche, amamos mais o desejo (Vontade de poder/prazer em querer se apaixonar. Visão do objeto de poder como sedutor, não a pessoa) do que o desejado. Retire o poder de tal pessoa e veremos se o relacionamento permanece. Daí que emana a paixão. As pessoas se relacionam pelo percebimento do poder que a outra possui e quando ela passa a conhecer tal pessoa, menos respeito ela lhe direciona. Ou, a pessoa possui uma reserva de poder que deve ser sempre renovada, ou ambas estão satisfeitas com o nível de poder que está estabelecido. Se há um desequilíbrio muito forte, há o rompimento. A única coisa que salvaria um relacionamento seria o amor. Amor significa doar mais do que receber. Mas, se for unilateral (campo ativo/passivo quando poderiam ser reflexivos), não vai cumprir o seu êxito. 

O amor perdoa tudo. Quando a pessoa que sofre pelo poder perdoa, ela lhe toma o poder. O amor só não perdoa a morte. E aqui podemos conferir sentido tanto na questão física, como na espiritual. 

Então voltamos a questão. Amo o meu ídolo, ele é uma extensão de minha vontade de poder. Ele conseguiu. Ele é o que eu queria ser. Já o meu amigo, por melhor que seja, não pode reclamar pelo fato de eu não valorizá-lo, apesar de tudo, ele possui o meu amor.

22-As pessoas fazem um tremendo alarde

Quando dizem estarem falando a verdade
Apresentando sua versão dos fatos
Quando provado que estavam (estão!) erradas
Que ela não possui a verdade absoluta
Elas pedem desculpas… (Quando pedem…)
(…)
(…)
(…)
(…)
(…)
(…)
Em silêncio.

23-"Todos somos políticos. Para sermos políticos, temos que ser honestos. Para sermos honestos, temos que ser políticos."


"O político consciente sabe que é impossível ser honesto para todo mundo." (Há exceções em algumas áreas, certamente.)

"Todos somos políticos. O bom político tem a convicção de que é honesto. Isso é uma fé. Apenas uma fé." (Dependendo da área, há exceções, como já disse.)

(Claro que a tendência é que seu desejo siga o seu ponto de vista, ele não vê problema que haja uma legislação que beneficie apenas o seu grupo. Ou que faça benfeitorias apenas em parte da cidade. (Ora, eu prometi um hospital perto de sua casa, eu cumpri. Se este for o único hospital que eu construí e você está satisfeito, para que reclamar? E assim sucessivamente…) Aumentarei o salário de classe X, Vote em mim. Vou liberar ou proibir as drogas, o aborto, vote em mim etc etc etc.)

24-"O bom ladrão invade a minha casa e ao ver uma nota de cem em cima da mesa, pega dez reais. Fará bom proveito? Devolverá a mim algum dia?"

25-Poder ou poder?

roma ou Amor?

poder ou Perdão?
Amor ou roma?

santo império ou Império Santo?
império ou Santo? 

Santo. Sinto.

26-‎”Saudade. Soldada. Soldado. Prejuízo e saldo.” Outra versão: “SaudadeSoldadaSoldado. PrejuízoSaldo.”

27-No começo de nossa vida

Não oferecemos nada (…)
Além de dor, mijo e cocô
Mas, ainda que frágil 
Um bebê nos ensina o amor
(…) Sendo amado.

Amarei. Amarei. Amarei…

28-Temos “boa” memória para as coisas ruins que as pessoas fizeram conosco. Temos péssima memória para as coisas ruins que nós fizemos para outras pessoas. E então, vem aquela velha analogia da taça de cristal que uma vez quebrada, não será como antes. PORRA! Recomendo que você tenha muitas taças de cristal de reserva, até mesmo porque VOCÊ TAMBÉM já deve ter quebrado muitas taças alheias. Eu já acredito mais na analogia do teto de vidro, até mesmo porque ninguém é perfeito, Se você pensa diariamente no mal de uma pessoa, você será uma eterna vítima dela e de si, presa. Ora, o perdão é uma libertação, um poder, sem a qual você não poderá ver a Deus, caso nele acredite.


PS: Nos países de maioria religiosa, a taxa de assassinatos é acima da média. Nos países de maioria ateísta, a taxa de suicídios é acima de média.

29-Acho fascinante o desprendimento, o sacrifício de um Cristo de certas pessoas que em nome de uma boa mensagem (rasa?!), atribuem suas ideias às pessoas famosas no intuito de que elas sejam espalhadas. Sim, porque a maior besteira proferida da “boca” de alguém famoso tem mais força do que toda a sabedoria de um desconhecido, (que por ser sábio, seria famoso, claro, há injustiças. Injustiças! Ou há o sábio de genialidade esporádica, mas dessa forma, ele não seria famoso…). E não é o caso, mas, por exemplo, não acredito que (Shakespeare) tenha dito a metade das frases a qual lhe são atribuídas. 


(William Shakespeare.) 

Escolha outro: Bob Marley. Arnaldo Jabor. Fernando Pessoa. Charles Chaplin. Luis Fernando Veríssimo. Etc.

Interessante é que há(via) muitos autores que se utiliza(va)m de pseudônimos.

“Ora, o que faz um texto ou frase realmente ser boa (mesmo sendo ruim) é o fato dela fazer uma pessoa refletir e tirar suas próprias conclusões acerca de um assunto e não simplesmente concordar ou discordar rapidamente.” 

E não é difícil ver pessoas com frases de acusação do tipo: “Os seres humanos não prestam…”

:/

30-Racionalização de um computador:


Eu sou (o mais perto de ser) racional. Todos os meus pensamentos são perfeitos e bons. Sou um idealista. Custo a aceitar em como as pessoas podem errar. (…)
Entendi com o tempo que qualquer pessoa, por melhor que seja, pelo fato de não só pensar, mas que elas precisam agir, então elas certamente errarão. Elas não são perfeitas e nem podem criar algo concreto que seja totalmente perfeito. Ações impelem a imperfeições que podem ser reduzidas com o tempo. E assim, cheio de esperança, fico feliz e então…

Cometo um erro e preciso ser reinicializado. 

Você me perdoa?

31-A perfeição (não) existe.

A perfeição são duas imperfeições que se encaixam.

32-O debate

Eu
Eu falo
Eu falo muito
Eu falo muito e
Eu falo muito e erro
Eu falo muito e erro e
Eu falo muito e erro e acerto.

Nós conhecemos uma verdade.

A primeira ação que realizamos quando a verdade nasce, é lhe proferimos um tapa para que ela chore.

33-A perfeição

Tinha um pensamento sobre a perfeição e custei a desenvolver.
Concretizei-o e da mesma forma custei a alcançar o meu plano.
Proclamei ao mundo e (nem) todos aceitaram. 
Sete anos depois…
Destruí a minha obra.
Que passou para a mente de todos como a maior perfeição já feita.

‎34-“O percebimento das coincidências que nos cercam está limitada apenas à nossa imaginação.”

35-“É preciso pensar fora do caixão.”

36-Os homens e o medo da morte

Todos os homens desejam
As mulheres que são bonitas.
E quando cumprem o seu objetivo.
Assumem uma conquista.
Terá o dever de achar um homem bonito.
(…) Seu filho.
E desejará todas as belas mulheres do mundo.
(…) Menos uma.

37-O “bug” do acordo ortográfico é que o que foi impresso antes do final de 2012 estará errado a partir de 2013. Assim, no ano que vem, poderíamos pensar, ora, como posso seguir ideias de um livro cheio de erros ortográficos! :/

38-"Talvez, este seja o primeiro momento

Que eu esteja apaixonado por mim mesmo
Que os meus últimos feitos são…
Suficientes.”

39-‎”Apesar de deixar claro

Que tenho um livre pensamento
Minhas ideias loucas vivem a cobrar
A data de nosso casamento.”

40-‎”Ontem antes de dormir estive a pensar

Dizem que é para nós seguirmos os nossos sonhos
Mas é durante o sono que mostramos o nosso lado mais sombrio
Então, eu acordo mais cedo
E mergulho fundo no conhecimento
Depois de ter vivenciando um terrível pesadelo.
1, 2, 3, 4, 5, 6,…7.”

41-Maria e Dona Maricota


Dona Maricota era uma católica fervorosa. 

Ela tinha uma filha e levava sua foto na carteira e gostava de mostrar para todo mundo. O curioso é que a foto que ela mostrava, não era realmente a foto de sua filha. Era outra pessoa.

Dona Maricota tinha um gato e ela vivia o chamando de onça.

Certo dia, dona Maricota estava de joelhos orando para a imagem de Maria e que com a emoção passou a chorar copiosamente. 

Eis que surge o espírito de Maria para confortá-la.

Dona Maricota toma um susto. Ela olha para o espírito. Olha para a imagem. Olha para o espírito. Olha para a imagem. Olha para o espírito. Olha para a imagem; E então conclui para o espírito:

-Você não é Maria!

42-A verdade é que a vida é corrida e blá bla blá…


Sobre a amizade na modernidade.

Se você está feliz ou triste, não importa. Se gosta de verdade de um amigo, vai arrumar algum tempo para entrar em contato com ele, por mínimo que seja.

Se você tinha uma simples amizade.

Se NÃO entra em contato:

Ou você se tornou um “milionário”.

Ou você não tem nada para oferecer.

Ou acha que ele não tem nada a oferecer. 

Se você ENTRA em contato:

Ou você quer um dinheiro emprestado.

Ou você é um fracassado.

Ou você quer retomar a amizade porque de uma simples amizade, pode surgir uma amizade verdadeira. Daquelas em que as pessoas mantém um contato por um mínimo que seja…

E aí? Analise e perceba que tanto os outros como nós mesmos acabamos selecionando e sendo selecionados de acordo com os nossos interesses. 

“É triste saber que na nossa vida temos que fazer um resumo e que nós não fazemos parte do resumo dos outros. (Estarão felizes ou tristes? Posso participar? Não? Tudo bem. Sim? Tudo bem. Estou feliz ou triste. Alguém quer participar da minha vida? Não? Tudo bem. Sim? Tudo bem.)”

Corrijam me se esqueci ou escrevi algo errado. (Ou acrescentem algo.)

Afinal, meu amigo errou, um desconhecido é burro.

43-O incoerente inconsciente coletivo.


Postagens comuns nas redes sociais:

1-Sou contra o preconceito e a discriminação.
2-Odeio fofoca. Ninguém tem o direito de se meter na minha vida.
3-Justin Bieber é um viadinho.

:/

44-‎”Em nosso impulso cego pela vontade de poder, nada mais coerente do que a contradição.”

45-"Os seres humanos foram expulsos do paraíso por causa da mulher, de uma figura de linguagem e de um fruto. Os seres humanos se reaproximam do paraíso graças a mulher, a arte e o conhecimento. Ou traduzindo: o sexo, a filosofia, o conhecimento e a filosofia."

46-"O gênio se aproxima (cada vez mais) da verdade. O louco está errado."

47-Se alguém diz: Eu amo a Deus, e odeia a seu irmão, é mentiroso. Pois quem não ama a seu irmão, ao qual viu, como pode amar a Deus, a quem não viu? 

1 João 4:20

48-Sobre o jiló.


Fiquei muito triste quando soube que meus pais gostam de jiló. Penso em sair de casa.
Fiquei muito triste quando soube que minha namorada gosta de jiló. Penso em terminar tudo com ela.
Fiquei muito triste quando soube que meu melhor amigo gosta de jiló. Penso em me afastar dele.
Olhe aquele ali. Ele gosta de jiló. Não quero contato com ele.
Todos me odeiam.

49-"A vontade segue um impulso de querer viver para que no futuro consiga conquistar o direito da imortalidade. Vindo da ciência. Vindo de um Messias. Vindo ao acaso. Vindo no momento em que não sabemos."

50-‎”Você tem o dever de ter a ousadia de andar sobre a corda bamba, e baterão palmas se você passar para o outro lado, mas se cair, você será um imbecil e rirão de sua morte. Da mesma forma que todas as pessoas terão o direito de rir e te matar, se você se negar querer atravessar na corda para o outro lado.”

51-"O mundo é uma ilusão. Em Deus e no Amor são as melhores mentiras em que se pode acreditar."

52-Uma grande loucura é acreditar em si, ao mesmo tempo em que você mantém um discurso sobre a neutralidade.

53-Quebrando a indiferença. :/

Se eu disser que te amo e não corresponder
Odeie a mim, não o amor
Se você realmente me amar
Vai me perdoar, ou não, mas me odiará menos.

54-Aquele que matar, certamente morrerá.

55-Gênesis 

Capítulo 0; Versículo 0.

Antes do principio havia a inconsciência…


"A Consciência."

Essa é uma analogia simples sobre a consciência (nossas escolhas) e a responsabilidade.

+ Respeite as leis de trânsito;

+ Tenha uma carteira de habilitação, passando por testes rigorosos.

+ Faça a manutenção do seu carro periodicamente.

+ Dirija dentro do limite de velocidade estabelecido naquela área.

+ Não ultrapasse em lugares e momentos inapropriados.

+ Sinalize.

+ Não beba antes de dirigir.

+ Não acelere com o sinal vermelho.

+ Use sinto de segurança.

+ Não durma.

+ Não trafegue na contramão. 

Etc.

Não mate. Não morra.

Nossa inconsciência ignora a ideia da morte. 

Nossa inconsciência (nos) mata. (Sem culpa. Sem desculpa.)   

Sua imprudência o tornará imortal para os familiares da vítima de que você matou. Ou, causará tristeza eterna para a sua própria família. 

(Nem completamente Id, nem completamente super ego.)  

Pense nisso. Antes de acontecer.

"A Verdade  (O quarto 101)"

Onde estou?

Fui arrebatado?

Fui salvo?

Uma luz se acende.

Estou preso.

E tudo começa.

Estou sendo torturado

Enquanto me obrigam

Que eu revele a verdade

E outra não sei, apenas

Que dois mais dois é igual a quatro. 

(Fui sequestrado

Obrigam a minha família

Que 2 + 2 sejam 4000, 40000, 400000, 4000000 etc) 

Estou sendo moído 

Não sinto meu corpo

Eu sinto meu corpo

Sinto a dor e a alegria

De estar certo

Quente, frio

Luz, trevas.

Ele ri e diz:

É só o começo.

Atualização: Quem leu o 1984 entenderá a importante menção ao rato. Pois bem, hoje tive o desprazer de ver a minha gata matando um ratinho sem antes, o torturá-lo por um bom tempo. ;( 

"Sonolência."

Oração ao Deus desconhecido”

Geni revisitada
"Acaricio a Geni e digo:
Pare com isso
Tenha autoestima
Saibas que tem valor
E assim, ficarás rica
Sem usar o vosso corpo.
V 
E quando Geni for bem sucedida?
Gastará rios de dinheiro para ficar bonita
Estará nas capas das revistas
Ela só dará pra gente rica 
E com pedras na mão
Ela me olhará lá de cima.
V
E do grande Zepelin 
Trará uma bomba atômica
Para destruir a cidade
Enquanto seu dedo coça segurando o botão
Ela filosofa sobre o que mais pesa numa ação:
O ambiente ou a personalidade?
E dessa forma, fazer o bem ou o mal
Seja uma simples questão de oportunidade.”

Geni revisitada

"Acaricio a Geni e digo:

Pare com isso

Tenha autoestima

Saibas que tem valor

E assim, ficarás rica

Sem usar o vosso corpo.

E quando Geni for bem sucedida?

Gastará rios de dinheiro para ficar bonita

Estará nas capas das revistas

Ela só dará pra gente rica

E com pedras na mão

Ela me olhará lá de cima.

V

E do grande Zepelin 

Trará uma bomba atômica

Para destruir a cidade

Enquanto seu dedo coça segurando o botão

Ela filosofa sobre o que mais pesa numa ação:

O ambiente ou a personalidade?

E dessa forma, fazer o bem ou o mal

Seja uma simples questão de oportunidade.”

Mulheres, mulheres, mulheres…
 
Mulheres, mulheres, mulheres…
Quando és realmente sexy
Tu nem percebes
 
E dizem que falar com autoridade é proibido
Eu não só te permito
Como ainda incentivo
 
Mulheres, mulheres, mulheres…
Como eu gostaria de estar dentro de vocês 
(e de suas cabeças)
E converter a minha tensão
Em seu mais profundo prazer
 
Mulheres, mulheres, mulheres…
Mas, com melancolia eu vos escrevo
Pois apesar de todo o meu grande apreço
De ti, mulher, só recebo o seu desprezo.
V
V
TEXTO INTERESSANTE: http://www.nofake.tc/ctrlccrtlv/sucesso-entre-as-mulheres-i-dove/
 

Mulheres, mulheres, mulheres…

 

Mulheres, mulheres, mulheres…

Quando és realmente sexy

Tu nem percebes

 

E dizem que falar com autoridade é proibido

Eu não só te permito

Como ainda incentivo

 

Mulheres, mulheres, mulheres…

Como eu gostaria de estar dentro de vocês

(e de suas cabeças)

E converter a minha tensão

Em seu mais profundo prazer

 

Mulheres, mulheres, mulheres…

Mas, com melancolia eu vos escrevo

Pois apesar de todo o meu grande apreço

De ti, mulher, só recebo o seu desprezo.

V

V

TEXTO INTERESSANTE: http://www.nofake.tc/ctrlccrtlv/sucesso-entre-as-mulheres-i-dove/

 

Desde o ano passado quando tive aula de Personalidade e nosso grupo fez um trabalho sobre o livro “Negação da morte” que tive o projeto de fazer alguns sons sobre o Luto e consequentemente sobre a vida. Toco violão muito mal, como será facilmente percebido. Minha intenção foi fazer sons conceituais sobre os sentimentos relacionados com o já referido tema. Alguns sons (a maioria) são metalinguísticos, sendo, portanto não feitos para se ouvir outras vezes, alguns são propositadamente ruins, mas para servir de convite para uma reflexão. Reflexão essa que todos devemos fazer, pois tal reflexão, como proposto pelo livro, nos é negada. E todos serão atingidos algum dia por essa inquiridora que nos perguntará: Você está preparado? O que fez da vida? O que fará daqui em diante?   

Vírgula

Vírgula (Versão 1,0) :)

OBS: Se tiver algum erro, foi de propósito. Ou não… :D  

Vírgula,

Empregada onde não devia,

Vírgula,

Levando o autor do erro, ser torturado pela polícia,

Vírgula,

Pode diferenciar a verdade da mentira,

Vírgula,

Por um detalhe, mudar todo o ponto de vista,

Vírgula,

Mudando o sentido e fazendo justiça ou injustiça,

(Leis individuais e coletivas) 

Vírgula,

Como querendo pegar um fôlego, na subida,

Vírgula,

Como um copo d’água para aliviar o calor ou a fadiga,

(Tudo o que o nosso corpo mais necessita)

Vírgula,

Usada aos montes pela garota tímida,

Vírgula,

Ou por aquele que reluta em dizer, a triste notícia,

Vírgula,

Pequena diferença, maturidade, disciplina,

Vírgula, 

Separa homens e mulheres, de meninos e meninas, 

Vírgula,

Amada e odiada pelo perfeccionista,

Vírgula,

Fazendo dos números uma resposta mais precisa,

(3, 14159265358979323846…)

Vírgula,

Pequena parada, presente em todos os (longos) textos,

Vírgula, 

Tal como para separar os períodos da vida,

(Não por pontos, pois quase não notamos. Quando notamos, acabou)

Nascer (amar), crescer (amar), reproduzir (amar), morrer, (ser amado),

E seja através de Cristo, outro Deus, uma teoria, como artistas ou nossos filhos e filhas,

Continuarmos, eternos, seja lá o que eterno significa,

Vírgula,

V

V

V

COMERCIAL QUE AJUDOU NA INSPIRAÇÃO: http://youtu.be/JxJrS6augu0

A arma mais eficaz de conquista é a mentira
Quando se  almeja um relacionamento com alguém, formamos uma imagem idealizada sobre a mesma. Se temos interesse em sua qualidades, iremos dar mais ênfase a elas do que aos defeitos. Isso é natural.
O que seria honesto no campo das promessas que formamos nessas relações é que se mentimos alguma coisa, que esta não seja um questão grave, que possamos cumprí-la sobre o contato com o outro.
Uma vez destruída essa imagem que idealizamos, normalmente realizada pelo fim da paixão que me faz pensar essa questão sobre essa grande arma da natureza acerca do que nos iludimos por alguns meses para que o contato com o outro seja estabelecido. É como se a natureza dissesse: “Bem, você faz promessas e se mostra poderoso que eu te dou cerca de um ano e meio para que você concretize essa imagem. Se não conseguir, ela te abandonará. Seria bastante perspicaz se você mostrasse outros lados positivos que você tenha condição de cumprir. Eis o que se chamará, amor. Questões positivas que farão um grande peso para a satisfação. A pessoa não terá o poder prometido, mas terá poder. Gostará de você pelas suas qualidades que você não mencionou e não exagerou.
E você, só ficou com o outro por interesse? Pelo poder?

A arma mais eficaz de conquista é a mentira

Quando se  almeja um relacionamento com alguém, formamos uma imagem idealizada sobre a mesma. Se temos interesse em sua qualidades, iremos dar mais ênfase a elas do que aos defeitos. Isso é natural.

O que seria honesto no campo das promessas que formamos nessas relações é que se mentimos alguma coisa, que esta não seja um questão grave, que possamos cumprí-la sobre o contato com o outro.

Uma vez destruída essa imagem que idealizamos, normalmente realizada pelo fim da paixão que me faz pensar essa questão sobre essa grande arma da natureza acerca do que nos iludimos por alguns meses para que o contato com o outro seja estabelecido. É como se a natureza dissesse: “Bem, você faz promessas e se mostra poderoso que eu te dou cerca de um ano e meio para que você concretize essa imagem. Se não conseguir, ela te abandonará. Seria bastante perspicaz se você mostrasse outros lados positivos que você tenha condição de cumprir. Eis o que se chamará, amor. Questões positivas que farão um grande peso para a satisfação. A pessoa não terá o poder prometido, mas terá poder. Gostará de você pelas suas qualidades que você não mencionou e não exagerou.

E você, só ficou com o outro por interesse? Pelo poder?

I need:
*All fields are required. When completed, generate conflicts if you are “weak.”
Vontade de Poder.
Nossa personalidade, nosso ambiente, experiências de vida formam a nossa realidade e definem sobre quais características almejamos como vontade de poder.
Nossa vontade  terá de ser minimamente satisfeita, ela nunca será plenamente satisfeita, pois ela deseja se perpetuar ou se expandir. Haverá um conflito natural, comumente influenciado pelo cristianismo que prega que devemos amar a todos, ao mesmo tempo que somos obrigados a vivenciarmos duras competições. 
Diferenciamos assim, as coisas que nós acreditamos e devemos respeitar os outros ou o mais comum, tratamos daquilo do que não nos agrada como o mais fraco e indigno.
Seja eu fazendo o papel do “Policial”, do bem, ou do “Bandido”, do mau.
Nunca faremos somente um papel.
"A diferença fundamental entre o bem e o mal é a identificação."
Desire for power.
Our personality, our environment, life experiences form our reality and define characteristics about which we wish to will power.
Our will must be minimally satisfied, she will never be fully satisfied, because she wants to perpetuate or expand. There will be a natural conflict, often influenced by Christianity that preaches that we should love everyone, while we have to we experience tough competition.
Differentiate so the things we believe and we must respect others or the most common treat of what we do not like how weak and unworthy.
Let me playing the role of “policeman,” the good, or “Bandit,” the bad.
We will never do only one role.
"The fundamental difference between good and evil is the identification."

I need:

*All fields are required. When completed, generate conflicts if you are “weak.”

Vontade de Poder.

Nossa personalidade, nosso ambiente, experiências de vida formam a nossa realidade e definem sobre quais características almejamos como vontade de poder.

Nossa vontade  terá de ser minimamente satisfeita, ela nunca será plenamente satisfeita, pois ela deseja se perpetuar ou se expandir. Haverá um conflito natural, comumente influenciado pelo cristianismo que prega que devemos amar a todos, ao mesmo tempo que somos obrigados a vivenciarmos duras competições. 

Diferenciamos assim, as coisas que nós acreditamos e devemos respeitar os outros ou o mais comum, tratamos daquilo do que não nos agrada como o mais fraco e indigno.

Seja eu fazendo o papel do “Policial”, do bem, ou do “Bandido”, do mau.

Nunca faremos somente um papel.

"A diferença fundamental entre o bem e o mal é a identificação."

Desire for power.

Our personality, our environment, life experiences form our reality and define characteristics about which we wish to will power.

Our will must be minimally satisfied, she will never be fully satisfied, because she wants to perpetuate or expand. There will be a natural conflict, often influenced by Christianity that preaches that we should love everyone, while we have to we experience tough competition.

Differentiate so the things we believe and we must respect others or the most common treat of what we do not like how weak and unworthy.

Let me playing the role of “policeman,” the good, or “Bandit,” the bad.

We will never do only one role.

"The fundamental difference between good and evil is the identification."

Design inteligente. :D

Design inteligente. :D